Atividades na Câmara de João Pessoa ficam paralisadas até março

cmjp

As atividades da Câmara Municipal de João Pessoa só devem ser retomadas depois do Carnaval, no mês de março, apesar de os vereadores já estarem empossados desde 1º de janeiro e o Regimento Interno da Casa definir o início dos trabalhos legislativos no dia 1º de fevereiro. O motivo é uma reforma estrutural, que teve início em fevereiro. Mesmo com as atividades suspensas e sem trabalhar, os vereadores devem receber os salários de janeiro e fevereiro.

O novo presidente da Câmara, vereador Marcos Vinícius (PSDB), justificou que as obras só tiveram início em fevereiro porque os recursos para o orçamento do legislativo só foram repassados em janeiro. “Era uma reforma que era necessária e importante, mas que só foi possível após a publicação do QDD [Quadro de Detalhamento da Despesa]. Tomamos as providências e a reforma está sendo feita inclusive no fim de semana para adiantar”, afirmou.
Marcos Vinícius explicou que, além de melhorias no plenário para acomodar os vereadores e no gabinete da imprensa, o painel foi consertado para dar mais transparência às atividades legislativas a partir deste ano, enquanto um novo telão, adquirido por ele, não chega. “Organizamos o painel e estamos adquirindo um painel mais moderno. O técnico já fez o conserto e ele estará funcionando no retorno aos trabalhos”, garantiu.
O novo painel, assegurou o presidente, vai permitir o maior controle da frequência dos parlamentares às sessões, bem como facilitar a identificação imediata do voto de cada vereador da matéria em votação. A medida atende a uma mudança no Regimento Interno aprovada no fim do ano passado, que exige que o resultado da votação, com o voto de cada vereador, deve ser disponibilizado para consulta no site da Câmara Municipal em até 24 horas após a votação.